23 DE SETEMBRO – DOMINGO

14h30 às 15h30

Palestra: “O PROCESSO DA METAMORFOSE FANTÁSTICA NA OBRA DE FRANZ KAFKA”

A fortuna crítica costuma associar o fantástico à obra do escritor tcheco Franz Kafka tendo em vista a fábula de Gregor Samsa e A metamorfose (1912) que transpassa o protagonista – ao acordar, Gregor se vê transformado em um inseto; supostamente, uma barata. No entanto, a atmosfera fantástica esgueira-se sorrateiramente às costas do leitor até que a poética kafkiana traga o ambiente lúgubre, claustrofóbico, insciente e burocrático para a própria experiência da leitura. O leitor se vê emparedado pelo mesmo Processo (1915) que acomete Josef K.; O Castelo (1922) transforma-se paulatinamente no calabouço que enclausura as personagens e o leitor rumo ao mesmo cadafalso. Ora, quais seriam os mecanismos poéticos que escavariam as narrativas kafquianas como verdadeiros corredores poloneses? Na palestra em questão, analisaremos o processo da metamorfose fantástica na obra do escritor tcheco, de modo a demonstrar como a composição da atmosfera kafkiana retraduz conflitos sociais que mostram o subsolo irracional sobre o qual se assenta a moderna sociedade do cálculo utilitário. Ao fim e ao cabo, o fantástico kafkiano deixará entrever a inverossimilhança – e a patologia – de nosso próprio cotidiano.


Flávio Ricardo Vassoler é professor universitário e doutorando em Teoria Literária e Literatura Comparada pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. Ministra cursos sobre literatura e cinema em instituições como a Casa das Rosas, o MuBE – Museu Brasileiro da Escultura, a Editora Intermeios – Casa de Artes e Livros, e em festivais como o Cinefantasy – Festival Internacional de Cinema Fantástico. Periodicamente, publica fotonarrativas de suas viagens – inclusive para a Praga de Franz Kafka – e fragmentos de seus trabalhos literários em sua página, o Subsolo das Memórias: www.subsolodasmemorias.blogspot.com.