Programação

SEXTA-FEIRA – dia 27 de agosto

19h às 21h
ABERTURA OFICIAL

Palestra: “O FANTÁSTICO E A LITERATURA BRASILEIRA”
O acadêmico Moacyr Scliar irá abordar como sua obra é marcada pelo flerte com o imaginário fantástico. Comentará sobre a existência de elementos mitológicos na Literatura Fantástica, para aludir a problemáticas humanas que permanecem na contemporaneidade, desde os primórdios da existência humana.

• Moacyr Scliar é escritor e médico especialista em saúde pública. Autor de mais de quarenta livros, dentre ensaios, crônicas, contos e romances, que obtiveram diversas honrarias e prêmios. Algumas delas foram publicadas na Inglaterra, Rússia, República Tcheca, Eslováquia, Suécia, Noruega, França, Alemanha, Israel, Estados Unidos, Holanda e Espanha e em Portugal, entre outros países. Desde 2003 ocupa a Cadeira nº 31 da Academia Brasileira de Letras.

SÁBADO – dia 28 de agosto

11h às 13h
Oficina: “O ESCRITOR: PESQUISA E CRIAÇÃO LITERÁRIA”

A idéia desta oficina é mostrar a importância da pesquisa nas diversas etapas de criação literária. Além de apresentar a sua necessidade e importância, a proposta é ensinar técnicas e mecanismos de como fazer uma pesquisa para escrever uma boa história. Mostrar como produzir um bom texto e como torná-lo verdadeiro para o leitor. Serão apresentados exemplos e estudos de casos, além da análise de ferramentas e processos que facilitem a forma de fazer uma pesquisa mais completa e sem enganos, seja na literatura mainstream, seja na literatura fantástica

• Sérgio Pereira Couto é jornalista e escritor. Colabora regularmente com revistas de história e sites especializados no assunto. É autor de 35 livros, com mais de cem mil exemplares vendidos somente no Brasil, entre eles os romances “Sociedades Secretas”, “Investigação Criminal” , “Renascimento” e “Help – A Lenda de Um Beatlemaníaco”. Atualmente, é editor da revista “Leituras da História”.

• Gianpaolo Celli é escritor e editor, além de administrador de empresas. Tem se dedicado ao estudo de ocultismo, esoterismo e mitologia. É colunista do site de neopaganismo “Tribos de Gaia”; co-autor da coleção Necrópole: “Histórias de Vampiros” (2005), “Histórias de Fantasmas” (2007) e “Histórias de Bruxaria” (2008); das coletâneas “Visões de São Paulo – Ensaios Urbanos” (2006) e “Paradigmas, volume 3″ (2009), e co-editor e co-autor dos livros “Histórias do Tarô” (2008) e “Steampunk” (2009).

11h às 12h
Mesa-redonda: “CAIXA DE PANDORA: EXISTE ESPERANÇA PARA A LITERATURA FANTÁSTICA NO BRASIL?”

Bate papo sobre as tendências e desafios da Literatura Fantástica no Brasil que está aparecendo no atual cenário cultural. Uma nova geração de escritores do gênero está surgindo a cada dia e produzindo como nunca. Afinal, por que está havendo um aumento da produção de Literatura Fantástica no Brasil? Quais os gêneros mais explorados? Quais tendências estão aparecendo?

• Adriano Siqueira é diagramador e design gráfico. É consultor de novos sites sobre vampiros, ministra palestras, participa de exposições, e atualmente produz curtas metragens e radionovelas sobre vampiros. Organizador do zine “Adorável Noite – Contos de Vampiros e Terror”. Participou das antologias “Amor Vampiro”, “Draculea – O Livro Secreto dos Vampiros”, “Metamorfose A Fúria dos Lobisomens” e “Tratado Secreto de Magia”.

• J. Modesto é formado em Arquitetura e Urbanismo pela Faculdade de Belas Artes. Autor dos romances “Trevas” e “Anhangá – A Fúria do Demônio”; e participou da antologia “Amor Vampiro”. todos pela Giz Editorial. Com os escritores Nelson Magrini e James Andrade, criou o site Fontes da Ficção, voltado para o incentivo e a divulgação da Literatura Fantástica. Atualmente prepara o lançamento de seu terceiro livro, previsto para o 2º semestre de 2010.

• J. P. Balbino é músico e escritor. Autor do livro “A Seita do Caos” (All Print). Publicou seus contos em diversas antologias, como “Retalhos” (Andross), “Contos – Coletânea All Print”. e como autor convidado em “Draculea – O Livro Secreto dos Vampiros” (All Print).É editor de um dos sites mais importantes da Universidade Federal do Rio de Janeiro: www.forumdeliteratura.com.

• Nelson Magrini é engenheiro mecânico, estudioso e pesquisador em Física, com ênfase em Mecânica Quântica e Cosmologia. É escritor, professor e consultor de Gestão Empresarial e Cadeira Logística. É autor dos romances “Anjo: A Face do Mal” e “Relâmpagos de Sangue”, ambos da Editora Novo Século; do conto Isabella, na coletânea “Amor Vampiro” e do romance “Os Guardiões do Tempo” ambos pela Giz Editorial.

• Roberto de Sousa Causo é formado em Letras pela USP> Autor do livro de fantasia “A Sombra dos Homens” (Devir); dos romances “A Corrida do Rinoceronte” e “Anjo de Dor”, pela Devir; e do estudo “Ficção Científica, Fantasia e Horror no Brasil” (UFMG). Organizou as antologias “Rumo à Fantasia” .”Os Melhores Contos Brasileiros de Ficção Científica”, ambas pela Devir, entre outras. Seus contos apareceram em revistas e livros de dez países.

12h30 às 13h30
Bate-papo: “O MERCADO EDITORIAL DE LITERATURA FANTÁSTICA NO BRASIL”

Conversa com quem toma as decisões no mercado editorial brasileiro. Participação dos editores do gênero fantástico com novidades, informações e curiosidades do mundo editorial de hoje.

• Adriano Fromer Piazzi, diretor editorial da Editora Aleph
• Douglas Quinta Reis, diretor editorial da Devir
• Daniela Padilha, editora da DCL – Difusão Cultural do Livro
• Ednei Procópio, diretor editorial da Giz Editorial
• Richard Diegues, diretor editorial da Tarja Editorial
• Erick Santos diretor editorial da Draco Editora

14h às 15h
Bate-papo: : “O FANTÁSTICO E A LITERATURA MAINSTREAM”

A literatura brasileira contemporânea não se resume apenas ao mainstream, a tradicional ficção realista, legitimada pelos círculos acadêmicos. Ou seja, existem diversas manifestações e outras correntes além da corrente principal. Entre elas a ficção científica, a fantasia e o terror onde o conteúdo é muito mais importante do que a forma, que deve estar a serviço do enredo, da trama, da história.

• Jeanette Rozsas é, além de contista e romancista, diretora da União Brasileira de Escritores (UBE). Tem trabalhos publicados em revistas literárias do Brasil e do exterior e colabora com os principais sites de literatura. Publicou, entre outros, os romances As sete sombras do gato (Idea Editora) e Morrer em Praga (Geração Editorial), selecionados pelo Projeto de Apoio Cultural da Secretaria de Estado da Cultura. Seu romance biográfico Kafka e a marca do corvo (Geração Editorial), já está na segunda edição e vem recendo o aplauso da crítica especializada.

• Ademir Assunção é poeta, escritor, jornalista e letrista de música. Foi editor-assistente do caderno Ilustrada, da Folha de São Paulo e editor-contribuinte da revista Marie Claire. Publicou, entre outros títulos, as coletâneas LSD nô (1994), A máquina peluda (1997), Zona Branca (2000) e o romance Adorável criatura Frankenstein, (2003). Lançou também o CD de poesia e música Rebelião na Zona Fantasma (2005), pelo selo Zona Branca Rebeliões Artísticas. É um dos editores da revista literária Coyote.

• Felipe Pena é jornalista, escritor, psicólogo, professor da Universidade Federal Fluminense, doutor em Literatura pela PUC-Rio e pós-doutor em semiologia pela Université de Paris/Sorbonne III. Foi professor visitante da Universidade de Salamanca (Espanha), Sub-Reitor da Universidade Estácio de Sá, repórter da TV Manchete e comentarista da TVE-Brasil. É autor de oito livros na área acadêmica e dos romances “O analfabeto que passou no vestibular” (7Letras) e “O marido perfeito mora ao lado” (Record).

• Luiz Roberto Guedes é publicitário, poeta e tradutor, além de autor dos livros Alguém para amar no fim de semana (contos), O mamaluco voador (romance), Armadilha para lobisomem (romance) e Calendário lunático (poemas), entre outros. Dos prêmios que recebeu destacam-se o da Cidade de Belo Horizonte e o do Concurso Nacional de Contos promovido pela revista Scarium. Teve textos estampados nas principais publicações literárias do país.

• Nelson de Oliveira é escritor e doutor em Letras pela USP. Publicou mais de vinte livros, entre eles Poeira: demônios e maldições (romance), A oficina do escritor (ensaios), A maldição do macho (romance, publicado também em Portugal) e O filho do Crucificado (contos, também lançado no México). Em 2001 organizou a antologia Geração 90: manuscritos de computador e em 2003, Geração 90: os transgressores, com os melhores prosadores brasileiros surgidos no final do século 20. Atualmente coordena o Projeto Portal, de narrativas de ficção científica.

Dia 28 – Sábado – 15h às 16h
Celebração: “Projeto Portal”

O Projeto Portal, coordenado por Nelson de Oliveira, é uma revista de contos de ficção científica com periodicidade semestral. Cada número da revista homenageia, no título, uma obra célebre do gênero: já foram lançados o Portal Solaris, o Portal Neuromancer, o Portal Stalker e o Portal Fundação.
O Projeto Portal realizará uma celebração para lançar o Portal 2001, com a presença dos autores, que conversarão com o público e sortearão exemplares da revista.
Portal 2001, o quinto número do Projeto, traz contos inquietantes que vão do universo da ficção científica ao do fantástico, passando pelo da fantasia. São 31 narrativas sobre novas tecnologias, viagens no tempo, ciberespaço, telepatia, contatos imediatos do terceiro grau, pós-apocalipse, pós-humano, utopias e distopias, de dezesseis autores contemporâneos.
Os contistas são: Braulio Tavares, Brontops Baruq, Claudio Parreira, Daniel Fresnot, Delfin, Luiz Bras, Marcelo Bighetti, Marco Antônio de Araújo Bueno, Maria Helena Bandeira, Mayrant Gallo, Mustafá Ali Kanso, Ricardo Delfin, Roberto de Sousa Causo, Rodrigo Novaes de Almeida, Rogers Silva e Sid Castro.

15h30 às 16h30
Mesa-redonda: “VOZES FEMININAS NA LITERATURA DE VAMPIRO”

O crescimento no Brasil da chamada literatura de vampiros é um dos fenômenos mais notáveis da literatura fantástica atual. Os livros de vampiros estão fazendo mais sucesso do que nunca. E suas vendas batem recordes atrás de recordes. Um aspecto que chama a atenção é a grande produção de mulheres que escrevem sobre o tema.

• Flávia Muniz é escritora e pedagoga. Tem mais de 60 obras publicadas, mais de 3 milhões de livros vendidos. Com duas obras traduzidas, outras adotadas em Programas de governo, recebeu prêmios como o APCA de Melhor Livro juvenil, além de ter sido finalista do Jabuti com dois títulos. Seus livros juvenis “Os Noturnos”, “Viajantes do Infinito”, “Sallen 777″, “Manual dos Namorados”, “Uma sombra em ação” e “Fantasmagorias” (no prelo), já se consolidaram entre os leitores nas escolas de todo o país. Além de escrever e criar, atua no ramo editorial e de entretenimento, realizando adaptações de obras, criando jogos, revistas, roteiros de TV e conteúdos para sites.

• Giulia Moon é escritora e publicitária. Publicou três coletâneas de contos: “Luar de Vampiros” (Scortecci), “Vampiros no Espelho & Outros Seres Obscuros” (Landy) e “A Dama-Morcega” (Landy). Lançou em 2009 o romance “Kaori: Perfume de Vampira” (Giz Editorial). Participou, entre outras, da coletânea “Amor Vampiro” (Giz Editorial), “Território V” (Terracota) e “Meu Amor é Um Vampiro” (Draco). Edita o fanzine FicZine e é co-editora da revista “Scarium Megazine”.

• Laura Elias é economista, articulista, palestrante e escritora. Escreveu 35 livros que vão do infanto-juvenil ao romance, passando também pelo suspense e terror. Até 2007 assinava suas obras com pseudônimos variados, sendo Loreley Mckenzie o mais conhecido deles. Atualmente dedica-se ao terceiro livro da saga “Red Kings” (Editora Mythos), uma série sobre vampiros e rock’n'roll, provisoriamente intitulado “Luz da Noite”. Os outros dois volumes são Crepúsculo Vermelho (2009) e Lua Negra, que está sendo lançado. Outros quatro títulos estão em fase de finalização pela editora e deverão sair ainda este ano.

• Martha Argel é escritora e bióloga com doutorado em Ecologia de Aves. Entre vários livros de ficção e não-ficção, escreveu “Relações de Sangue”, que está sendo relançado pela Giz Editorial, e “O Vampiro da Mata Atlântica” (Idea). Participou da antologia “Amor Vampiro” (Giz), entre outras, e organizou, com Humberto Moura Neto, a antologia crítica “O Vampiro Antes de Drácula” (Aleph), além de ter colaborado em livros científicos, técnicos e didáticos.

• Nazareth Fonseca é autora da saga “Alma e Sangue”, iniciada com “O Despertar do Vampiro” (Aleph) e que prossegue em “O Império dos Vampiros” (Aleph). Escreveu também “Kara e Kmam”, e publicou contos nas coletâneas “Necrópole: Histórias de Bruxaria” e “Anno Domini”. Atualmente mora em Natal, Rio Grande do Norte.

17h às 18h
Palestra: “O FANTÁSTICO EM GUIMARÃES ROSA”

O fantástico foi a primeira opção literária de Guimarães Rosa, fruto de suas leituras de juventude.
Mais tarde, ele decidiu esquecer a literatura de gênero, e criar um gênero literário próprio, alargando os limites do romance regionalista dos anos de 1930. Entretanto, toda a sua obra está baseada num plano mágico-fantástico, fruto do seu profundo misticismo pessoal. Entre os seus contos há histórias de feitiçarias, assombrações, aparições sobrenaturais, e pelo menos um deles, “Um moço muito branco”, é uma autêntica narrativa de ficção científica.

• Bráulio Tavares é escritor, roteirista e compositor. Compilou a primeira bibliografia do gênero: o Fantastic, Fantasy and Science Fiction Literature Catalog (Fundação Biblioteca Nacional). Autor de “A Espinha Dorsal da Memória”, “A Máquina Voadora” e “Anjo Exterminador” (todos pela Rocco). Organizou as antologias “Freud e o Estranho”, “Contos Fantásticos no Labirinto de Borges” e “Páginas de Sombra” (todos pela editora Casa da Palavra). Publicou em 2008 o estudo “A Pulp Fiction de Guimarães Rosa” (Ed. Marca de Fantasia).

DOMINGO – dia 29 de agosto

11h às 13h
Oficina: “COMO MONTAR A ESTRUTURA DE UM ROMANCE DE FANTASIA”

André Vianco, o mais consagrado escritor da atualidade do gênero fantástico abre o jogo, dá dicas e informações sobre como criar e montar uma estrutura para a compor um romance de fantasia. Uma oportunidade rara!

• André Vianco é autor dos best sellers “Os Sete” e “Sétimo”, que explora o universo sobrenatural (vampiros, lobisomens, anjos e batalhas entre o bem e o mal) elaborando um cenário surrealista, mas com elementos da realidade do dia-a-dia e histórias passadas no Brasil. É hoje o escritor brasileiro que mais conquista leitores de fantasia & horror e seus livros estão entre os mais vendidos na literatura fantástica brasileira.

11h às 12h
Palestra: “HISTÓRIA ALTERNATIVA: AS DIVERSAS ENCRUZILHADAS”
A proposta da palestra é explicar o que é História Alternativa, também conhecida como ucronia ou história contrafactual. De que forma contos, romances, filmes e ensaios históricos ou econômicos podem especular sobre como a história do Brasil e da humanidade poderiam ter sido diferentes. A História Alternativa se dedica a recontar a história, ou seja, o que seria do mundo se determinado acontecimento histórico tivesse ocorrido de modo diferente do que de fato se deu?

• Gerson Lodi-Ribeiro é escritor. Autor de “O Vampiro de Nova Holanda” (Caminho), “Outros Brasis” (Mercuryo), “Taikodom: Crônicas (Devir), Xochiquetzal – uma Princesa Asteca entre os Incas (Draco), entre outros. Trabalha desde 2004 como consultor da Hoplon Infotainment, sendo um dos criadores do universo ficcional do jogo online “Taikodom”. Está lançando “Vaporpunk”(Draco), uma coletânea de histórias steampunk que reúne brasileiros e portugueses.

12h30 às 13h30
Mesa-redonda: “MULTIMEIOS: ALTERNATIVAS PARA A LITERATURA FANTÁSTICA”

Uma discussão para muito além do papel. As diversas plataformas de midia como ferramenta de divulgação e produção da literatura fantástica. Quais as possibilidades de utilização de blogs, sites, mídias sociais, podcast e todos os mecanismos da internet. Conheça também o mercado editorial e a comunidade de escritores em outros países.

• Eduardo Sphor é escritor e jornalista. Participa do podcast do site Jovem Nerd e gerencia o selo NerdBooks, voltado à literatura fantástica. É professor da Faculdade Hélio Alonso (RJ), onde ministra o curso “Estrutura Literária – A Jornada do Herói no Cinema e na Literatura”. Está lançando o romance “A Batalha do Apocalipse” (Record/Verus).

• Christopher Kastensmidt é escritor, professor da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e diretor de criação da Ubisoft, uma das maiores empresas de video game do mundo. Membro da SFWA (Science Fiction and Fantasy Writers of America), tem contos publicados em sete países.

• Luiz Ehlers é engenheiro químico. Participou da antologia “Marcas na Parede” (Andross). Atualmente é o editor chefe da Revista FANTÁSTICA e trabalha no inédito “A Divindade das Chamas Gêmeas”. Exibe seus textos no blog Perguntas e Respostas. Reside em Porto Alegre-RS

Tiago Castro é diretor de arte e estrategista digital, colunista do site Fontes da Ficção. Idealizador do projeto Universo Insônia, também edita o blog “Ideias com Café”, onde fala sobre propaganda, internet, ideias e outros assuntos relacionados.

14h às 15h
Palestra: “CONTOS DE FADAS: FANTASIAS DIVERTIDAS E HISTÓRIAS ESCABROSAS”.

Os Contos de Fadas são narrativas folclóricas, histórias profanas muitas vezes derivadas de mitos, histórias sagradas. Existem em todas as civilizações e culturas, e viajaram de um canto do mundo para outro, mudando de forma porém mantendo vivos os arquétipos que os formaram e que falam ao que existe de mais profundo na natureza humana. Originalmente, não eram histórias infantis. Na verdade, suas versões mais antigas são cheias de crueldade, violência, incesto, traições e mortes.
O GELF irá promover uma leitura compartilhada, onde serão feitas leituras de trechos de contos muito antigos, para a análise e discussão de alguns fatos escabrosos, tenebrosos e sangrentos que são tão comuns nessas narrativas, e que foram “expurgados”, “pasteurizados” em adaptações mais modernas.

• GELF (Grupo de Estudos de Literatura Fantástica), coordenado pela escritora Rosana Rios, que se dedica a discutir, apreciar e divulgar obras literárias de literatura fantástica (ficção científica, fantasia e horror) suas interações e obras precursoras, além de comentar transposições para cinema, teatro, televisão e quadrinhos.

16h às 17h
Fantastiquinha: “HISTÓRIAS FANTÁSTICAS”

E a criançada também tem vez! Atividade com o Grupo Cantando Histórias. Com Dorotilde e os músicos Beto Rodrigues e Marcela Faust.
Será que as bruxas são mesmo sempre malvadas e as princesas, sempre boazinhas? Quando apaga a luz, tem algum bicho papão escondido? Venha conferir essas e outras histórias fantásticas que serão narradas em meio a músicas e atividades lúdicas para toda a família.

15h30 às 16h30
Bate-papo: “PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE O GÊNERO FANTASIA NO BRASIL”

Será possível para o autor brasileiro escrever contos ou romances do gênero Fantasia, no qual se misturam elementos fantásticos como elfos, anões, magos, criaturas mitológicas etc. com ambientações histórias e contemporâneas? Como trabalhar nossos mitos nacionais (curupira, saci etc.) para criar uma fantasia com genética brasileira?

• Eric Novello é escritor, tradutor e roteirista. Autor do romance histórico “Dante – O Guardião da Morte” (Ed. Novo Século), e do romance de humor “Histórias da Noite Carioca” (Ed. Lamparina). Está lançando o romance de fantasia urbana “Neon Azul” (Draco).

• Douglas MCT é escritor e designer gráfico. Atualmente, atua como roteirista de games, quadrinhos, animações, filmes e seriados. Escreveu para os quadrinhos da Turma da Mônica e publicou nas coletâneas Anno Domini (2008), Território V (2009) e Imaginários 3 (2010).

• Walter Tierno é ilustrador, jornalista e publicitário. Formado em Artes Gráficas pelo Senai, atualmente é diretor de arte de uma agência de propaganda. Está lançando o livro de fantasia “Cira e o Velho” (Giz Editorial).

• Raphael Draccon é roteirista profissional e autor de literatura fantástica contemporânea, ficção de horror e romances sobrenaturais. É o autor mais jovem a assinar com os braços nacionais de duas das maiores holdings editoriais do mundo (Planeta e LeYa), e roteirista premiado pela American Screenwriter Association. Está lançando o romance “Dragões de Éter – Círculos de Chuva” (LeYa).

17h às 18h
Palestra: “O REALISMO MÁGICO DE MURILO RUBIÃO”

O Realismo Mágico é uma característica própria da literatura latino-americana da segunda metade do século XX que funde a realidade narrativa com elementos fantásticos e fabulosos. Floresceu nos anos 1960 e 1970, enraizado nas discrepâncias surgidas entre cultura da tecnologia e cultura da superstição, e em um momento em que o auge das ditaduras políticas converteu a palavra numa ferramenta infinitamente apreciada e manipulável. Murilo Rubião é o maior exemplo de Realismo Mágico no Brasil.

• Flavio García é professor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e do Centro Universitário Augusto Motta. Também coordena o Seminário Permanente de Estudos Literários da UERJ e o Publicações Dialogarts. É líder do Grupo de Pesquisa (Diretório CNPq) “Estudos Literários: Literatura; outras linguagens; outros discursos”. Atualmente, tem se dedicado às reflexões sobre o Insólito na narrativa ficcional. É sócio atuante da Associação Brasileira de Professores de Literatura Portuguesa (ABRAPLIP) e da Associação Brasileira de Literatura Comparada (ABRALIC). Organizou o livro “O Insólito e seu Duplo” (EdUERJ, 2009), com Marcus Alexandre Motta.

18h às 18h30
Sarau: EMBARQUE NO SHOW-LIVRO

A Música Popular Brasileira e o Rock Nacional têm como tema o fantástico e o maravilho em centenas de suas letras. A literatura fantástica nacional em sua musicalidade é descendente direta das histórias para se ler em voz alta ao redor da fogueira, de viola na mão. O Show-Livro irá mesclar esses dois mundos: música e literatura fantástica. E levar todos os presentes por conexões litero-musico-temáticas nunca dantes navegadas. Murilo Rubião, Guimarães Rosa, Braulio Tavares, Raul Seixas e outros convidados ilustres, daqui e doutros mundos, distorcidos por:

Deise Sales no vocal e nos sonhos
Marcelo Barfer na guitarra, no violão e no terror
Tiago Araújo no baixo e na insanidade
Thiago Camargo na percussão e nas invocações
Claudio Brites na voz e nos arquétipos

EXPOSIÇÃO

a partir das 11 horas
Painel comemorativo: “JERONYMO MONTEIRO: PAI DA FICÇÃO CIENTÍFICA BRASILEIRA”

Pouco conhecido do público (e até mesmo da crítica), o escritor Jeronymo Monteiro (1908-1970) é um marco fundamental da Literatura Infantil, assim como do rádio-teatro, foi o criador do primeiro detetive brasileiro e da primeira série policial e, acima de tudo, é considerado um precursor da Literatura Brasileira de Ficção Científica.

De um ponto de vista cronológico, chamar Jeronymo Monteiro de “Pai da Ficção Científica Brasileira” é uma afirmação, embora generosa, inexata. Entretanto, se ele não foi o precursor único e sublime da FC brasileira, ocupa com certeza, um lugar de fundamental importância em sua gênese, merecendo assim tal classificação, já que foi sua imaginação antecipadora que viu na ficção científica, segundo suas próprias palavras, “o mais amplo gênero literário que já se criou na literatura universal”.

LANÇAMENTOS DE LIVROS

# “Anjos, Mutantes e Dragões”, de Ivanir Calado (Devir)

# “A Batalha do Apocalipse”, de Eduardo Spohr (Verus/Record)

# “Cira e o Velho”, de Walter Tierno (Giz Editorial)

# “Os Contos Obscuros de Edgar Allan Poe”, de Braulio Tavares (Casa da Palavra)

# “Contos Proibidos do Sr. Arcano”, de Sr. Arcano (Multifoco)

# “Cyberpunk – Histórias de um Futuro Extraordinário”, antologia (Tarja)

# ”Dragões de Éter – Círculos de Chuva”, de Raphael Draccon (LeYa)

# “Duna”, de Frank Herbert (Aleph)

# “Eclipse ao pôr do sol e outros contos fantásticos”, de Antonio Luiz M. C. Costa (Draco)

# “Imaginários 3″, Erick S. Cardoso (org) (Draco)

# “Kara e Kmam – Segredos de Alma e Sangue”, de Nazarethe Fonseca (Aleph)

# “Lua Negra”, de Laura Elias (Editora Mythos)

# “Memórias Desmortas de Brás Cubas”, de Pedro Vieira (Tarja)

# “Neon Azul”, de Eric Novello (Draco)

# “Nômade”, de Carlos Orsi Martinho (Autores Associados)

# “Relações de Sangue”, de Martha Argel (Giz Editorial)

# “Sangue de Lobo”, de Rosana Rios e Helena Gomes (Editora DCL)

# ”Sombras e Sonhos”, de Álvaro Domingues (Balão Editorial)

# ”A Tríade“, de Carlos Andrade, Claudio Brites e Octávio Cariello e Kizzy Ysatis (Terracota)

# ”Vaporpunk”, de Gerson Lodi-Ribeiro e Luis Filipe Silva (orgs.) (Draco)

TV CRONÓPIOS: “FANTASTICON 2010″ AO VIVO

Novamente, teremos a cobertura jornalística da TV Cronópios ( www.tvcronopios.com.br ), que transmitirá ao vivo toda a programação do Fantasticon 2010. A TV Cronópios é um canal online de literatura e arte que transmite entrevistas com escritores em eventos, coberturas de lançamentos literários e reportagens gravadas no local de trabalho ou na casa de escritores.

Criado em 2005, o portal Cronópios ( www.cronopios.com.br ) é um projeto com o intuito de mapear e fomentar a literatura contemporânea brasileira, em todas as regiões do país. Tem 40 colunistas fixos, que são escritores premiados de várias gerações literárias, e de diversas regiões do país, assim como de outros países: Espanha, México, Uruguai, Argentina e Angola. O site movimenta hoje cerca de 2 milhões de PageViews ao mês.