com Rosana Rios e GELF (Grupo de Estudos de Literatura Fantástica)

 13h30 às 14h30 

Crianças, adolescentes (e adultos!) gostam de ouvir histórias; e é fato comprovado que as histórias mais apreciadas são as que mexem com os nossos medos — o que pode explicar o sucesso constante da Literatura de Terror e de seu sucedâneo, o cinema de Horror.

Desde Aristóteles, que definiu o conceito de catarse, até os psicólogos da linha Jungiana, que nos falam sobre mitos, contos folclóricos e arquétipos como elementos fundamentais em toda literatura, verificamos a perenidade dos enredos que causam sustos, palpitações, terror aos leitores. Não por acaso, os autores do Romantismo trabalharam com motivos assustadores e aterrorizantes, inaugurando a literatura gótica e abrindo precedentes para milhares de escritores.

Refletir sobre os pavores evidenciados na ficção, em especial na literatura fantástica, é uma forma de entendermos melhor a dinâmica do crescimento do ser humano e encontrar formas de lidar com os nossos próprios medos.

GELF (Grupo de Estudos de Literatura Fantástica), coordenado pela escritora Rosana Rios, que se dedica a discutir, apreciar e divulgar obras literárias de literatura fantástica (ficção científica, fantasia e horror) suas interações e obras precursoras, além de comentar